Fuga...

Vladimir Kush: Departure of the winged ship



Vou fugir, vou fugir!
Quero me encontrar
Quem sabe outro lugar?
Daqui eu quero sair.

Vou fugir, vou fugir!
Preciso me esconder
Para me encontrar...
E longe daqui me perder.

Vou fugir, vou fugir!
E como o feliz passarinho
Voltando ileso ao seu ninho
Eu vou voar, vou voar.

Vou fugir, vou fugir!
E tudo eu posso fazer,
Até um infinito amanhecer
Não deixando o sol ir.

Vou fugir, vou fugir!
E um golfinho eu vou ser
Se lá no fundo do mar,
Poseidon eu encontrar.

Vou fugir, vou fugir!
E em outro lugar
Eu vou brincar
De o impossível transgredir.

Vou fugir, vou fugir!
Quando o firmamento alcançar,
Com a lua eu vou me vestir,
Para com a estrela Naos dançar.

Vou fugir, vou fugir!
Para dentro de mim... achar
Quimeras de um lugar
Que só eu posso tentar traduzir.

Vou fugir, vou fugir!
E a imaginação rabiscar
No papel um lugar
Que não se possa medir.

Vou fugir, vou fugir.
Sem me despedir,
No papel eu vou ir
Para bem longe daqui.

E fugi, e fugi.




Lizandra Souza.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar.

  © Loucuras e Devaneios by Liza

Design by Emporium Digital