Resenha do livro A Divina Comédia de Dante Alighieri



SINOPSE 
Obra-prima de Dante Alighieri, A Divina Comédia exerceu grande influência em poetas, músicos, pintores, cineastas e outros artistas nos últimos setecentos anos. Dante, o personagem da história, narra, em forma de poema, uma odisséia pelo Inferno, pelo Purgatório e pelo Paraíso, descrevendo cada etapa da viagem com detalhes quase visuais. Nessa viagem é guiado, no Inferno e no Purgatório, pelo poeta Virgílio, e no Céu por Beatriz, musa do autor em várias de suas obras. (Editora Nova Cultural).

***


A Divina Comédia (originalmente Comédia e depois batizada por Boccaccio de Divina) é um poema (épico e teológico) escrito no século XIV por Dante Alighieri (1265-1321), grande escritor e poeta italiano. O livro é considerado um clássico da literatura italiana e universal. O poema - escrito predominantemente com uma linguagem alegórica - é o relato (feito em cantos, isto é, divisões principais do poema, por ser longo) da viagem que Dante faz aos três reinos do "outro mundo": o inferno (34 cantos), o purgatório (33 cantos) e o paraíso (33 cantos), assim, toda a viagem é feita em cem cantos. 


Há edições com a trilogia em um único volume (dividida em três partes) e há também edições com a viagem de Dante em volumes separados, Divina Comédia: inferno, Divina Comédia: purgatório e Divina Comédia: paraíso. Primeiramente, Dante vai ao inferno (dividido em nove círculos, cada círculo com castigos dados a pecados distintos) onde ele se vê perdido numa " Selva selvagem". No inferno, mais especificamente, no Limbo (primeiro círculo infernal), Dante encontra Virgílio (poeta romano clássico), que o ajuda a passar pelos nove círculos do inferno. A linguagem de Dante é incrível, cada palavra não é colocada aleatoriamente, ou por acaso, tudo ali tem uma simbologia teológica impressionante, a poesia do livro é expressa por alegorias.


A parte que eu mais gostei é quando Dante encontra com Lúcifer, pois é incrível a descrição das cenas. Isso se dá no nono círculo (o dos traidores), lá o demônio devora os três maiores traidores da história: Judas, Brutus e Cassius. 
Ao conseguir, com a ajuda de Virgílio, passar por Lúcifer, Dante, para conseguir chegar ao paraíso (o almejado durante a viagem), primeiramente, precisa passar pelo purgatório. Segundo Dante, o purgatório é um lugar intermediário, situado entre o inferno e o paraíso.

Mais uma vez Dante comprova seu talento no uso da linguagem, pois para cada canto uma simbologia é apresentada. No fim do percusso pelo purgatório, Virgílio, por não poder ir ao paraíso, despede-se de Dante, que caminha só para o paraíso, onde encontrará Beatriz, que foi seu grande amor na terra, falecida há algum tempo. O paraíso é divido também em círculos, no caso "céus", cada um correspondente a um planeta. Dante passa por cada céu, e isso representa figurativamente uma espécie de purificação para o seu encontro com Deus, que é feito próximo ao fim do poema.

Pode-se dizer que, pela linguagem, Dante representa um mundo e uma realidade que ultrapassam a imaginação, afinal ele dá a imaginação uma força de infinitos aspectos significativos, daí o caráter alegórico e teológico. 

A Divina Comédia é organizada sistematicamente, sendo dividida em sequencia lógica, na qual, no inferno encontram-se os pecadores e suas respectivas punições, os pecadores arrependidos no purgatório, e a santidade, descrita e representada pelos beatos no paraíso. 


Lizandra Souza.

6 Comentários:

Lola Mantovani 26 de maio de 2013 09:13  

Sou doida pra ler esse livro, mas nunca achei por aqui, adorei o que você falou do livro que parece ser muito bom
beijos

Universo dos Leitores 16 de julho de 2013 19:22  

Nossa, já estou curiosa pra ler o seu resumo! Tenho muita curiosidade pelo livro e agora fiquei mais curiosa ainda!

Bjs

www.universodosleitores.blogspot.com.br

Anônimo,  18 de novembro de 2013 17:12  

eu tenho esse livro

Anônimo,  23 de novembro de 2013 13:12  

Adorei o seu resumo, peço continuar divulgando cultura em nosso Brasil que é indigente neste assunto, Parabéns!!!!

Anônimo,  10 de outubro de 2014 10:00  

Oi eu sou Clementena Menderes Cunha a profesora mando esconher um filme para faser m trabalho sobre vucois eu secolheresse por q esse eu gostei e tem tudo a ver com vucois

Malígia 9 de novembro de 2015 18:21  

Gostei do seu resumo. Valeu obrigada. Maria Lígia

Postar um comentário

Obrigada por comentar.

  © Loucuras e Devaneios by Liza

Design by Emporium Digital